terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Mulher Nova, Homem Novo


Espero que muito mais que roupas brancas, champanhe e comidas, seu Ano Novo seja repleto de realizações, saúde e prosperidade espiritual, que não só um ano novo se inicie mas também um novo homem e nova mulher para quem sabe começarmos trilhar o caminho de um nova sociedade justa, igualitária e sempre fraterna, esses são meu votos de Feliz Ano Novo aos amigos hoje e sempre...

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Um Feliz Natal e Próspero Ano Novo é o que desejo a todos e todas

Muitas lutas passamos e muitas outras virão, mas o que realmente importa é sabermos que o que nos move é um ideal de um outro mundo possível, que esse ideal seja sempre a força motriz de nossas lutas cotidianas, desejo muitas lutas, saúde, sabedoria e felicidades a todos amigos e amigas que neste ano compartilharam conosco mais essa caminhada.


Um Feliz Natal e Próspero Ano Novo é o que desejo a todos e todas

Fábio Sardinha





sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Vitória para Educação Pública

Ontem, dia 19 de Dezembro de 2013, foi um dia para ficar na história de nossa cidade, professores e professoras organizados na luta por um educação pública de qualidade conseguiram barrar a aprovação de uma lei que regularizaria inconstitucionalidade e precariedade que é o contrato emergencial de professores, parabéns professores e professores por esta grande vitória que é para nossa cidade...foi uma grande honra estar como professor e cidadão nesse embate em favor da educação pública de qualidade.









sábado, 7 de dezembro de 2013

Manuela D'Ávila reage ao machismo de deputado tucano



Sem comentários, uma vergonha para nossa cidade e estado, Deputado Duarte Nogueira PSDB de Ribeirão Preto querendo dissimular os evidentes desvios de verba do Governo de são nos últimos 20 anos no escândalo mais conhecido como Tucanoduto tenta apelar para o machismo na sua forma mais vil e hipócrita ao insinuar que a Deputada Manuela D`Ávila PCdoB-RS estaria presente na audiência pública que discuti exatamente o escândalo citado por razões sentimentais com a singela expressão: “O coração tem razões que a própria razão desconhece.”

Abaixo segue a notícia com mais detalhes sobre este triste episódio que serve apenas para destacar como o machismo vil e hipócrita ainda resiste e permanece sobre aqueles homens que ocupando um cargo como de Deputado deveriam combate-lo e jamais perpetua-lo com declarações como essas de forma tão sutil mas não menos machista.

Deputado tucano ataca de machista contra denúncia de corrupção
A líder do PCdoB na Câmara, deputada Manuel D'Ávila (RS), denunciou, em discurso indignado no Plenário da Câmara, na noite desta quarta-feira (4), a “atitude machista e leviana” do deputado Duarte Nogueira (PSDB-SP) na audiência pública da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que debatia com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, as denúncias de corrupção do metrô de São Paulo que envolve os governos tucanos.

Agência Câmara
Deputado tucano ataca de machista contra denúncia de corrupção
Manuela acusou o deputado Duarte Nogueira de partir para baixaria por não ter respostas para dar sobre a situação do seu partido no estado de São Paulo.
“O coração tem certas razões que a própria razão desconhece”, disse o deputado à líder do PCdoB após a fala em que ela defende a atitude do ministro da Justiça de mandar investigar as denúncias que chegaram a ele. A declaração do tucano remete ao namoro entre a deputada e o ministro em passado recente.

A fala preconceituosa e machista do deputado tucano foi seguida de protestos do ministro, de outros parlamentares e da própria Manuela D'Ávila, que acusaram o tucano de quebra do decoro parlamentar.

Em seu discurso no Plenário da Câmara, após da reunião da CCJ, Manuela disse que “a minha vida privada, embora não seja assunto público, não é promíscua como são promíscuas as relações que estão sendo investigadas no estado de São Paulo”.

“A minha vida privada, como a minha vida pública, é honrada. Quem tem explicações para dar sobre a vida pública são os governantes do estado de São Paulo. É isso que eu, como líder do meu partido, cobro”, disse Manuela, acrescentando que “o deputado Duarte Nogueira, que, por não ter respostas para dar, parte para a baixaria, porque não sabe o que dizer sobre a situação do seu partido no estado de São Paulo”.

A parlamentar lembrou que no dia em que a Câmara realiza uma comissão geral para discutir o fim da violência contra a mulher, ela se depara com uma “atitude machista, leviana, e que não condiz com aqueles que tentam mudar a vida política e a cultura machista deste país”.

“Eu me sinto ofendida como milhares de mulheres brasileiras que são ofendidas cotidianamente por esta cultura machista, falo porque não podemos tolerar mais que a Câmara dos Deputados, que o Congresso Nacional, conviva com essa cultura de quem não sabe debater política, de quem não tem respostas para dar para o povo sobre o verdadeiro esquema de corrupção que o estado de São Paulo tem que responder a seus cidadãos e que, por não ter respostas, vai pelo caminho fácil da violência e do machismo contra as mulheres, da violência subjetiva, das falas entrelinhas”, acusou a líder comunista.

Questão central

No discurso que fez na reunião da CCJ, Manuela perguntou aos tucanos “qual o encaminhamento que o ministro da Justiça deveria dar a uma denúncia grave como essa? No meu governo, eu tenho orgulho de que ele não engavete, porque conheci um governo que tinha a fama de engavetar todas as denúncias que chegavam ao seu conhecimento”, disse, em referência ao conhecido caso do procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, do governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que passou a ser conhecido como Engavetador Geral.

Ela disse ainda que a questão central do debate deve ser de investigar a corrupção e formação de cartel, e é isso que o governo tem feito, enquanto os tucanos discutiam que o documento era um dossiê fabricado pelo deputado estadual Simão Pedro (PT-SP) e que foi vazado para a imprensa por algum alto funcionário do próprio Ministério da Justiça. E acusavam o ministro de não ter comunicado ao procurador-geral da República.

De Brasília
Márcia Xavier
http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=1&id_noticia=230820


quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Dia 20, dia de reflexão e resistência

Bom Dia, em homenagem a luta do movimento negro gostaria de compartilhar um poema de Éle Semog, um bom feriado com muita reflexão.

Ponto histórico

Não é que eu
Seja racista...
Mas existem certas
Coisas
Que só os NEGROS
Entendem.
Existe um tipo de amor
Que só os NEGROS
Possuem,
Existe uma marca no
Peito
Que só nos NEGROS
Se vê,
Existe um sol
Cansativo
Que só os NEGROS
Resistem.
Não é que eu
Seja racista...
Mas existe uma
História
Que só os NEGROS
Sabem contar
... Que poucos podem
Entender.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Proclamação da República



Interessante vídeo sobre a Proclamação da República, refletir sobre este episódio nos ajuda a compreender nosso País, este episódio demonstra como os interesses de certos grupos descontentes alteram o rumo de nossa história política.


15 de novembro: Saiba como foi a Proclamação da República e outros vídeos - TV UOL

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Entrevista com Deputados Estaduais

No último dia 30 de Outubro estivemos na Assembleia paulista para saber um pouco do cotidiano de nossos deputados, fizemos uma visita aos gabinetes dos três deputados estaduais de nossa cidade, fomos recebidos apenas por dois, Rafael Silva PDT e Welson Gasparini PSDB, o deputado Baleia Rossi PMDB não nos atendeu e até o presente momento não explicou os motivos.
As entrevistas foram ao ar no dia 05 de Novembro, no programa Fala Sério que é transmitido pela rádio 79 de Ribeirão Preto todas as manhãs das 8:20 as 9:00, com apresentação de Rodrigo Camargo.

Dentre várias perguntas que fizemos sobre os trabalhos dos deputados, duas gostaria de destacar, que foi sobre a posição dos mesmos sobre a instalação do presídio de progressão continuada em Jardinópolis, bem na entrada de Ribeirão e Jurucê, e sobre o porquê até o momento eles não assinaram a CPI proposta na Assembleia para investigar o chamado Propinoduto, que segundo denúncias, o rombo nas contas públicas pode passar de bilhões nos últimos 20 anos.

E por último também entrevistamos o deputado Carlos Giannazi que assinou a CPI e explica o porquê seria importante à instalação dessa investigação pelos deputados, é só clicar e ouvir e tirar suas conclusões  acompanhem.


Gasparini by Fábio Henrique Sardinha





















  Rafael Silva by Fábio Henrique Sardinha

















Deputado Estadual Carlos Giannazi by Fábio Henrique Sardinha

domingo, 3 de novembro de 2013

FESTIVAL OSU AIKU 2013


(SEMANA DA IMORTALIDADE)

318 ANOS DE IMORTALIDADE DE ZUMBI DOS PALMARES
20 DE NOVEMBRO – DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA

A luta dos movimentos negros nacionais pelo resgate e promoção da história dos negros brasileiros, resultou, entre outras coisas, na recuperação de um legítimo herói nacional, até então ignorado pela academia e pela história do país, Zumbi dos Palmares. Quando o poeta Oliveira Silveira propôs homenagear Zumbi dos Palmares, celebrando o dia da sua morte, 20 de novembro, como o Dia Nacional da Consciência Negra, nem ele próprio imaginava que a ideia se espalharia com tamanha força, e se tornaria três décadas depois a data nacional mais lembrada e celebrada no país, provocando uma reflexão inevitável sobre o racismo, as relações raciais e a promoção da igualdade. É que a história de Zumbi dos Palmares aglutina passado e presente e encontra eco imediato junto às populações negras e pobres do país, pois se identifica com os anseios dos setores excluídos da sociedade por um Brasil mais democrático, mais justo e mais igual.
Como já é de tradição na cidade, o Centro Cultural Orunmilá mais uma vez celebrará o Dia Nacional da Consciência negra, no 20 de novembro (quarta),e convidamos todos a participarem conosco.
Segue abaixo a programação gratuita:

20 DE NOVEMBRO (QUARTA)
09:00 horas – III Marcha em Defesa da Ancestralidade Africana no Brasil
Local: Esplanada do Theatro Pedro II)

14:00horas – Palestra AFOXÉ e MARACATU:CULTURA E RELIGIOSIDADE
Mestre Shacon Viana (Nação do Maracatu Porto Rico - Recife/PE)
Mestra Joana D'Arc (Nação do Maracatu Encanto do Pina - Recife/PE
Elemosó Paulo de Oliveira (Centro Cultural Orùnmilá - Rib. Preto/SP)
 Local: Centro Cultural OOrunmilá

16:00 horas - CELEBRAÇÃO (Afoxé, samba, reggae, Hip Hop, capoeira, maracatu e muito mais)
Local: Centro Cultural Orunmilá

23 DE NOVEMBRO (SÁBADO)
16:00 horas - 15ª RAPOLITIZANDO A PERIFERIA – EDIÇÃO ” FESTIVAL”
Local: Centro Cultural Orunmilá

24 DE NOVEMBRO (DOMINGO)
09: 00 - FÓRUM REGIONAL DE PONTOS DE CULTURA
Local: Centro Cultural Orunmilá

REALIZAÇÃO:
CENTRO CULTURAL ORUNMILÁ
*       

*Atividades gratuitas

Entrevista Secretário Educação

Entrevista Secretário Educação São Paulo by Fábio Henrique Sardinha

No Último dia 30 de Outubro estivemos na Assembleia Legislativa de São Paulo para Participar de uma Audiência Pública com o Secretario de Educação de São Paulo, Herman Voorwald.


Na oportunidade o mesmo me concedeu uma breve entrevista sobre Plano de Carreira para Professores, Redução de escolas por diretoria de ensino e obviamente não poderia deixar de perguntar sobre a Jornada do piso, confiram.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Parabéns Servidores e Servidoras


Parabéns a todos e todas que atuam no serviço público, hoje é um dia para além de comemoração, mas também reflexão sobre a necessidade de respeito e dignidade nas relações de trabalho daqueles que dedicam sua vida para a qualidade de vida de nossa população no atendimento público em todas suas esferas, parabéns servidores e servidoras, principalmente meus queridos companheiros de trabalho que atuam na educação pública.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

ISTOÉ-NA TRILHA DO DINHEIRO-PROPINODUTO-PSDB

Alan Rodrigues, Pedro Marcondes de Moura e Sérgio Pardellas

14 DE OUTUBRO DE 2013 ÀS 6:34
Os depoimentos obtidos por ISTOÉ vão além das investigações sobre o caso iniciadas há cinco anos no Exterior. Em 2008, promotores da Alemanha, França e Suíça, após prender e bloquear contas de executivos do grupo Siemens e da francesa Alstom por suspeita de corrupção, descobriram que as empresas mantinham uma prática de pagar propinas a servidores públicosem cerca de 30 países. Entre eleso Brasil. Um dosnomes próximos aos tucanos que apareceram nainvestigação dos promotores foi o de Robson Marinho, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) nomeado pelo então governador tucano Mário Covas.No período em que as propinas teriam sido negociadas, Marinho trabalhava diretamente com Covas. Proprietário de uma ilha paradisíaca na região de Paraty, no Rio de Janeiro, Marinho foi prefeito de São José dos Campos, ocupou a coordenação dacampanha eleitoral de Covas em 1994 e foi chefe da Casa Civil do governo do Estado de 1995 a abril de 1997. Numa colaboração entre promotores de São Paulo e da Suíça, eles identificaram uma conta bancária pertencente a Marinho que teria sido abastecida pela francesa Alstom. O MP bloqueou cercade US$ 1 milhãodepositadoMarinho é até hoje alvo do MP de São Paulo.Procurado, ele não respondeu ao contato de ISTOÉ. Mas, desde que estourou o escândalo, ele, que era conhecido como “o homem da cozinha”– por suaproximidade com Covas –, tem negado a sua participação em negociatas que beneficiaram a Alstom.
03.jpg
Entre as revelações feitas pela Siemens ao Cade em troca de imunidade está a de que ela e outras gigantes do setor, como a francesa Alstom, a canadense Bombardier, a espanhola CAF e a japonesa Mitsui,reuniram-se durante anos para manipular por meios escusos o resultado de contratos na área de transporte sobre trilhos. Entre as licitações envolvidas sob a gestão do PSDB estão a fase 1 da Linha 5 do Metrô de São Paulo, as concorrências para a manutenção dos trens das Séries 2.000, 3.000 e 2.100 da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e a extensão da Linha 2do metrô de São Paulo. Também ocorreram irregularidades no Projeto Boa Viagem da CPTM para reforma, modernização e serviço de manutenção de trens, além de concorrências para aquisição de carros de trens pela CPTM, com previsão de desenvolvimento de sistemas, treinamento de pessoal, apoio técnico e serviços complementares.
Com a formação do cartel, as empresas combinavam preços e condicionavam
a derrota de um grupo delas à vitória em outra licitação superfaturada
Com a formação do cartel, as empresas combinavam preços e condicionavam a derrota de um grupo delas à vitória em outra licitação também superfaturada. Outra estratégia comum era o compromisso de que aquela que ganhasse o certame previamente acertado subcontratasse outra derrotada. Tamanha era a desfaçatez dos negócios que os acordos por diversas vezes foram celebrados em reuniões nos escritórios das empresase referendados por correspondência eletrônica. No início do mês, a Superintendência-Geral do Caderealizou busca e apreensão nas sedes das companhias delatadas. A Operação Linha Cruzada daPolícia Federal executou mandados judiciais em diversas cidades em São Paulo e Brasília. Apenas em um local visitado, agentes da PF ficaram mais de 18 horas coletando documentos. Ao abrir o esquema, a Siemens assinou um acordo de leniência, que pode garantir à companhia e a seus executivos isenção caso o cartel seja confirmado e condenado. A imunidade administrativa e criminal integral é assegurada quando um participante do esquema denuncia o cartel, suspende a prática e coopera com as investigações. Em caso decondenação, o cartel está sujeito à multa que pode chegar a até 20% do faturamento bruto. O acordo entre a Siemens e o Cade vem sendo negociado desde maio de 2012. Desde então, o órgão exige que amultinacional alemã coopere fornecendo detalhes sobre a manipulação de preços em licitações.
04.jpg
Só em contratos com os governos comandados pelo PSDB em São Paulo, duas importantes integrantes docartel apurado pelo CadeSiemens e Alstom, faturaram juntas até 2008 R$ 12,6 bilhõesOstucanos têm a sensação de impunidadepermanente. Estamos denunciando esse caso há décadas. Entrarei com um processo de improbidade por omissão contra o governador Geraldo Alckmin, diz o deputado estadual do PT João Paulo Rillo. Raras vezes um esquema de corrupção atravessou incólume por tantos governos seguidos de um mesmo partido numa das principais capitais do País, mesmo com réus confessos – no caso, funcionários de uma das empresas participantes da tramoia, a Siemens –, e com a existência de depoimentos contundentes no Brasil e no Exterior que resultaram em pelo menos 15 processos no Ministério Público. Agora, espera-se uma apuração profundasobre a teia de corrupção montada pelos governos do PSDB em São Paulo. No Palácio dos Bandeirantes, ogovernador Geraldo Alckmin disse que espera rigor nas investigações e cobrará o dinheiro que tenha sidodesviado dos cofres públicos.

TERCEIRIZAÇÃO: PL 4330 ESTÁ PRONTO PARA VOTAÇÃO

 NO PLENÁRIO Descrição: terceirizacao2
TERCEIRIZAÇÃO: PL 4330 ESTÁ PRONTO PARA VOTAÇÃO NO PLENÁRIO DA CÂMARA
A informação é do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), que orienta para máxima atenção do movimento sindical ao PL 4330/2004, que pretende expandir a terceirização no país, já que o prazo de cinco sessões do plenário da Câmara expirou e o projeto será votado a qualquer momento pelo plenário da Casa, pois a pauta está livre. 
Este prazo foi determinado pelo presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que acatou requerimento neste sentido apresentado pelo deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS).
Segundo o Diap, este ardil regimental, não há dúvida, atropela entendimento que só se votaria o projeto quando se alcançasse um consenso em torno da matéria.
“Agora, é preciso ter atenção redobrada, pois a pauta está livre e o projeto pode ser agendado para votação em qualquer momento. Urge uma mobilização nacional do movimento sindical, pois a despeito da decisão das bancadas do PT e do PCdoB que fecharam questão contra o projeto, as demais bancadas partidárias não têm essa posição. Ou estão dividas em relação ao tema ou estão integralmente a favor do projeto”, avalia o Departamento em nota publicada em sua página eletrônica.
Segundo análise dos especialistas do Diap, a bancada empresarial, majoritária na Câmara, articula e faz pressão para aprovar o projeto, que só é apoiado hoje pelos empresários.
A CTB é claramente contra o PL 4.330 por entender que a proposta precariza as relações de trabalho, ameaça direitos e é um retrocesso na manutenção dos direitos sociais e trabalhistas. Para o presidente da CTB, Adilson Araújo, é essencial o enfrentamento que as centrais sindicais unificadas devem fazer para buscar uma grande mobilização nacional que evite esse retrocesso à pauta trabalhista.
De Brasília,
Daiana Lima - Portal CTB

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Alesp aprova projeto que altera a Lei Complementar 1093 (“categorias” F e O)

Segue algumas vitórias importantes conquistadas graças a nossa mobilização durante a greve neste ano, apesar do avanços ainda temos muitos desafios a conquistar, a luta é permanente em defesa de uma Educação de fato democrática, pública e de qualidade.

A Assembleia Legislativa aprovou na última terça-feira (08/10) o Projeto de Lei Complementar 34/2013 do Governo Estadual, que altera a Lei Complementar 1093/2009, sobre as contratações temporárias de professores. Para se tornar lei, a medida necessita ainda ser sancionada pelo governador.
O Projeto estabelece que:

Fica reduzido o intervalo que o temporário deverá aguardar para ser novamente contratado (quarentena) de 200 para 40 dias, até 2016.

Os professores da “categoria F” ficam dispensados de participar da avaliação anual (provinha). A classificação para atribuição de aulas deixa, portanto, de considerar a nota da prova para este segmento.

O processo seletivo para os professores da “categoria O”, que já estão na rede, passa a ser classificatório e não mais eliminatório. Ou seja, todos os professores deste segmento participam da atribuição de aulas inicial, de acordo com a nota obtida.

A APEOESP formulou e deputados de oposição apresentaram emendas e um substitutivo, no sentido de tornar perene a redução da “quarentena” e também retirar do projeto alguns limitadores para a extensão dos contratos.
Da mesma forma, o Sindicato formulou emenda para oferecer ao professor da “categoria O” as mesmas condições contratuais dos professores da “categoria F”, enquanto permanecerem nesta condição de contratação por tempo determinado.

Foi apresentada ainda pela APEOESP emenda para assegurar ao professor da “categoria O” atendimento pelo IAMSPE, embora haja ciência de que este assunto é objeto de outro projeto de lei que será encaminhado pelo Governo à ALESP.
As bancadas do PT e do PSOL manifestaram voto favorável a essas e outras emendas apresentadas pelos companheiros de seus partidos, mas que foram rejeitadas na votação final.

A aprovação do PLC 34/2013 não resolve, em absoluto, a situação dos professores da “categoria O”, apenas a minimiza um pouco, em pontos importantes. O assunto continua na pauta de reivindicações dos professores não apenas neste momento, mas também durante as discussões do novo plano de carreira.
A categoria continua pressionando o Governo para que elimine esta forma precária de contratação e dê condições dignas de trabalho a todos. O Sindicato defende a criação da figura do professor adjunto ou equivalente, que terá os mesmos direitos dos demais para exercer as funções do Magistério.

O professor não é responsável pela falta de profissionais na rede estadual de ensino. Este é um problema que tem que ser resolvido pela Administração, sem penalizar a categoria e a comunidade escolar.
Desta forma, a aprovação nos concursos públicos que serão promovidos é muito importante para que os professores assegurem sua tranquilidade como profissionais da rede estadual de ensino.
Vale destacar que o atual concurso, com a quantidade inédita de 59.600 cargos, também é uma conquista da greve dos professores.
Com esta aprovação, mais um dos pontos negociados durante a greve realizada entre 19 de abril a 10 de maio está sendo concretizado, o que comprova que a luta valeu a pena.

Ainda há muito a ser conquistado, mas cada passo adiante deve ser valorizado!
Secretaria de Comunicações
Esclarecimentos sobre as ações da URV

Em 26 de setembro, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou por unanimidade de votos (nove votos a zero) o pagamento das perdas salariais de servidores públicos estaduais e municipais que tiveram os vencimentos convertidos por meio de lei estadual na mudança do cruzeiro real para a Unidade Real de Valor (URV), instituída em 1994 como forma de transição para o real.
O Estado de São Paulo não fez a conversão dos salários de seus servidores em URV, como determinava a Lei Federal nº 8.880/94, fazendo a conversão direta dos salários para o Real em 01/07/1994.

Em virtude da falta de conversão dos salários em URV para depois passar para Real, os servidores do Estado de São Paulo tiveram perdas salariais, que, no caso do magistério, foram calculadas em 17,74%.
Isso porque, no período compreendido entre 01/03 a 30/06/1994 (período em que os salários deveriam ter sido convertidos em URV), apesar dos reajustes concedidos em Cruzeiros Reais, os integrantes do magistério tiveram seus salários reduzidos, diante da inflação galopante da época.

A APEOESP, desde o ano de 2010, vem ingressando com inúmeras ações para os seus associados para buscar o pagamento da perda de 17,74%.
A decisão do STF pôs fim a inúmeras discussões que eram travadas nos processos, como por exemplo, a aplicação obrigatória da Lei Federal n° 8.880/94 e a compensação da perda salarial sofrida com os reajustes posteriores.
O associado que já tem ação em andamento, deve aguardar o desfecho final do processo, para fins de incorporação da perda nos seus salários e pagamento das diferenças atrasadas (poderão ser cobradas as parcelas vencidas nos cinco anos anteriores ao ajuizamento da ação e as vincendas no decorrer do processo).

Já os filiados que ainda não ingressaram com a ação, devem procurar o departamento jurídico da APEOESP mais próximo para ingressar com a ação, de forma a pleitear a perda salarial decorrente da falta de conversão dos salários em URV.
A III Conferência Estadual de Mulheres da APEOESP será realizada nos próximos dias 12 e 13 de outubro no Club Homs, à Avenida Paulista, 735, São Paulo, Capital.
As delegadas eleitas nas reuniões de Representantes do dia 09 de agosto e suplentes previamente informadas poderão se credenciar no dia 12 de outubro, das 8h00 às 12h00. As suplentes sem prévia comunicação só poderão ser credenciada após as 12h05 do sábado.

Serão realizadas quatro mesas de debates com os seguintes temas: Análise de Conjuntura com Recorte de Gênero, A Mulher e a Mídia, A Violência contra a Mulher, A Mulher no Mercado de Trabalho . O evento também contará com 4 oficinas. As atividades terão início às 8h40 do dia 12 de outubro.

Creche
No local do evento haverá creche com monitoria para filhos e filhas de delegadas com até seis anos de idade.

OS 30 Artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

V Fórum de Educação


PLANO DIRETOR - CONVITE



Chamamento de propostas artísticas e culturais para a Virada Cultural Paulista 2014


de 20/09/2013 a 13/12/2013

Situação: Em Andamento

O Governo do Estado de São Paulo e a Secretaria de Cultura, em parceria com a APAA – Associação Paulista dos Amigos da Arte, abrem inscrição para participação na Virada Cultural Paulista 2014

De 20/09/2013 a 13/12/2013


Sobre o programa

A Virada Cultural Paulista é uma realização da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo em parceria com a APAA - Associação Paulista dos Amigos da Arte e com as prefeituras dos municípios participantes. O evento promove, durante 24 horas, a circulação de programação artística em todas as regiões do Estado de São Paulo de forma simultânea.

Realizada desde 2007, em 2013 a Virada levou mais de 1000 atrações nacionais e internacionais de diversas linguagens para as ruas de 26 cidades do interior e litoral paulista, proporcionando ao público a vivência de uma programação cultural gratuita de alta qualidade e extremamente diversificada.


Inscrições

Período das Inscrições: De 20/09/2013 a 13/12/2013.

As inscrições ocorrerão exclusivamente mediante envio de formulário específico do projeto,
disponível no site
www.apaacultural.org.br

No formulário é necessário indicar o endereço eletrônico de sites ou redes sociais em que estejam disponíveis informações, fotos e vídeos do artista, grupo, companhia ou espetáculo.

Compõem a programação espetáculos nas modalidades de teatro, música, dança, circo, artes visuais e performance. O evento acontece em teatros e espaços abertos, por isso os espetáculos devem ser voltados para públicos numerosos. A programação sequencial demanda atrações com curto tempo para montagem e desmontagem de cenários e/ou equipamentos.

Não serão aceitas inscrições por e-mail, nem materiais entregues pessoalmente. O proponente será responsável por qualquer erro, omissão e pelas informações prestadas na inscrição e a APAA não se responsabiliza pelo não recebimento de inscrições por motivos de ordem técnica ou operacional.


Seleção

A seleção será realizada por uma comissão mista formada por membros da Secretaria de Estado da Cultura, Associação Paulista dos Amigos da Arte e especialistas de cada área. Após a avaliação das inscrições, a equipe da APAA entrará em contato apenas com os grupos/artistas selecionados.

O presente Chamamento tem como objetivo dar ampla publicidade à programação cultural da Virada Cultural Paulista, mas não constitui o único instrumento utilizado pelo projeto para conhecer, avaliar propostas e contratar serviços para as suas atividades.

C O N V I T E

CONSELHO TUTELAR DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE II
Lei Federal 8.069/90 E Leis Municipais 6.115/91 – 257/93 – 417/94
Região Norte – Rua. Rio de Janeiro, 167 – Campos Elisios – Cep. 14.080-180 Tel. 3963 2244 fax. 3963 2211 08007717220 – E-mail tutelar2@semas.pmrp.com.br



O Conselho Tutelar I, II e III de Ribeirão Preto tem a honra de convidar Vossa Senhoria para reunião de formação e posse da nova Diretoria Regional da ACTESP (Associação dos Conselheiros(as) e ex- Conselheiros (as) do Estado de São Paulo), período 2013/2015, a ser realizado no dia 02/10/2013 dás 14:00 hs às 17:00 hs, na Câmara Municipal de Ribeirão Preto (Salão Nobre) avenida Jerônimo Gonçalves, 1200 – Centro.
Programação

14:00 hs – Credenciamento
14:30 hs – Divulgação e Trabalho da ACTESP – Edson Arantes de Oliveira (ex- Conselheiro Tutelar de Ribeirão Preto e Membro da ACTESP)
15:00 hs – Ações da ACTESP (Diretoria Regional) – Marcelo Ferreira ex- Conselheiro Tutelar e Representante do Forum Colegiado Nacional
15:30 hs - Composição e Posse dos membros da Diretoria Regional
16:00 hs - Abertura para as autoridades presentes
16:30 hs – Coffee Break
17:00 hs – Encerramento

É necessário confirmar presença pelos fones (16) 39632244 – 3932244) ou pelo email- tutelarrp@gmail.com

Rosemary Ap. P. Honório
Conselheira tutelar – Relações Publica – CT II