quinta-feira, 21 de abril de 2016

21 de abril – Em memória de Tiradentes e da luta contra o golpe e a traição



O feriado desta quinta-feira, 21 de abril, tem muito a nós dizer sobre o atual momento político que estamos vivendo, pois homenageia a memória de Tiradentes, herói da Independência e da República.

 E não podemos deixar de destacar o papel de Joaquim Silvério dos Reis, delator de Tiradentes que teve suas dívidas sanadas com a Corte após cumprir seu papel que levou a condenação e morte de Tiradentes que se tornou o herói da República.

E diante dessa reflexão histórica, podemos situar onde estariam hoje os que resistem aos poderosos de plantão que conspiram para retornar ao poder a qualquer custo, e também situar quem são os Silvérios dos Reis que se vendem para representar apenas os seus interesses de poder a todo custo?

Como muitos que resistiram ao poder de plantão, Tiradentes teve sua vida ceifada por acreditar e lutar por um País justo, autônomo e soberano com relação aos interesses externos representados pela Coroa.

Já Silvério dos Reis representa a traição, o entreguismo, a corrupção com a sua delação que foi muito bem premiada pela coroa, aos interesses privados subordinados ao interesse público, enfim a marca que ainda está muito presente em nossa política através de alguns partidos que sempre estiveram na órbita do poder independente do projeto político.

Em 1792 a pena de Tiradentes foi sua execução através do enforcamento e seu esquartejamento para servir de exemplo aos que anseiam questionar o poder vigente da época.

A história se encarrega de punir quem se vende e trai os interesses do povo como foi com Silvério dos Reis, os coronéis, ditadores e torturadores como Ustra homenageado recentemente por Bolsonaro.

Podemos refletir sobre nossa luta política semelhante a de Tiradentes, mártir da resistência contra os golpistas, entreguistas com seu projeto ponte para o futuro levado a cabo pelo moderno Silvério dos Reis Michel Temer PMDB que anseia dar o verdadeiro golpe nos trabalhadores tomando o poder de assalto e levando a frente esse projeto que foi derrotado nas urnas.

Apesar da distância temporal de mais de 200 anos a história se repete, pois os interesses históricos da elite colonial entreguista com essa elite coronelista, reacionária e subordinada aos interesses externos em colocar as mãos em nosso capital nacional.

Mas assim como os interesses espúrios permanecem, a luta e resistência também, pois os inconfidentes patriotas sobrevivem e jamais aceitaram ceder passivamente contra os interesses do povo por uma sociedade justa, fraterna, desenvolvida e sempre democrática, mártires por esse futuro não faltarão, salve Tiradentes, Prestes, Marighela, Jorge Amado, Portinari, Osvaldao, Frei Tito, Santos Dias, Pagu, Zuzu e muitos outros heróis da resistência pela Democracia hoje e sempre....

Fábio Sardinha
Professor História, Comunicador e Diretor Estadual Apeoesp

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Pela Educação e Saúde Pública de Qualidade

video
Segue abaixo reportagem do Jornal da Record de Ribeirão Preto onde destacamos a situação caótica das escolas estaduais no que tange a estrutura e prevenção de doenças nesse período do ano, já protocolamos ofício exigindo da Secretaria e Governo do Estado medidas para prevenção da H1N1 e demais viroses para proteção dos professores, alunos e comunidade, veja no link abaixo, comente e compartilhe!!!

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=10209706019913235&id=1412314360

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Vacinação Já!!!! Pela Saúde dos Professores, funcionários, alunos e comunidade


Hoje protocolamos ofício na Secretaria de Educação exigindo vacinação de todos professores e funcionários das escolas antes do dia 30 em articulação com a Secretaria Municipal e estadual de saúde além de álcool em gel e dispensers nos banheiros com sabonetes, mais tarde passamos na Secretaria Municipal de Saúde que nos garantiu que todo professor pode se deslocar a uma unidade mais próxima que terá garantido a vacina de H1N1 e após tomar aguardar mais 30 dias para tomar a segunda dose, caso algum professor encontre problemas entre em contato conosco que estamos nessa luta para garantir minimamente a saúde de todos da comunidade escolar, divulguem para os amigos professores de nossa rede.

domingo, 10 de abril de 2016

Patrimônio da seriedade em risco

Andei de ônibus desde os meus 08 anos saindo do meu bairro do Simioni até o Sumarezinho na escola Santos Dumont, parei de andar de ônibus quando fiz 19 anos e comprei uma moto e sei das dificuldades em ficar no ponto horas a fio com esse calor de Ribeirão sem proteção, ou mesmo um mísero banco para sentar, já peguei muita chuva e sol no lombo esperado ônibus em nossa cidade inclusive em frente à Catedral.
Depois de formado em História fiz parte do Comppac de nossa cidade que define a política de tombamento, preservação e história e o registro dos bens tombados de nossa cidade, foi uma oportunidade muita rica de aprendizado e conhecimento sobre como funciona também o Condephaat, órgão sério que carece como tudo no Estado de melhor estrutura, mas é como se fosse o Compac em nível estadual, desde que estudei no Otoniel Mota frequento a praça em frente à Catedral e inclusive sou cliente de algumas barracas que ali vendem artesanato e alimentos, e recentemente aproveitando essa polêmica conversei com alguns que ali pegam ônibus e também com proprietários de barracas que para minha surpresa são favoráveis à construção da plataforma de embarque que dá mais condições as pessoas que ali precisam pegar ônibus, e diante do laudo do Condephaat que deixa claro que pode se construir a plataforma que não afeta as estruturas da igreja o por que alguns que inclusive tem interesses eleitorais e individuais em fazer um calçadão naquele local insistem em manipular a fé e opinião da população contra essa construção como se a mesma afetasse a igreja? Esse argumento não se sustenta tecnicamente, sendo assim só sobra o interesse político que no caso não é o do bem estar da população e pelo visto apenas a manipulação visando outros interesses, preservação do patrimônio não pode servir para manipulação eleitoral, quem se utiliza desse expediente se iguala ao que a de pior da política que a muito tempo se aproveita da desinformação e manipulação para fazer valer apenas os seus interesses, basta de hipocrisia.


domingo, 3 de abril de 2016

Afinal, Impeachment é golpe?


Não vai ter Golpe!!! Show de Gil e Caetano em Salvador


APEOESP Articulação Sindical diz NÃO AO PME GOVERNISTA e SIM AO PME DA SOCIEDADE!

Nós tivemos participação ativa na construção do Plano Municipal de Educação, fizemos parte da comissão que debateu, dialogou com outras entidades, lotou as audiências públicas e aprovou o Plano conforme deliberado com a sociedade, entidades e professores, alunos e demais agentes.

Não vamos apoiar esse estelionato da Prefeitura em conluio com alguns vereadores interessados em manter seu curral eleitoral alterando o Plano.

Por isso somamos forças com Aproferp Ribeirão Preto, professores, alunos, entidades,  comunidade e todos que participaram das audiências públicas em 2015 para rejeitar qualquer manobra que altere o Plano Municicpal de Educação, assim como retirada de trechos fundamentais para o desenvolvimento da educação pública municipal.

Não vamos aceitar o nome da Apeoesp e muito menos o meu que participei da comissão como representante da entidade em documento algum alterado pelo Governo, em nossa opinião isso se chama estelionato caso se confirme.

Não aceitaremos mudanças na escolha de diretores, que deve ser por meio de consulta publica e eleição, de acordo com o Plano Nacional de Educação.
Função de diretor não pode ser utilizado como moeda de troca política como a muito tempo vem sendo feito em nossa cidade.

Não aceitaremos a retirada da criação dos cargos de professores de libras e intérpretes, deixando alunos surdos desassistidos por uma ausência de política para a inclusão.

Não aceitaremos a retirada de professores de apoio para a e educação infantil.

Enfim, como são muitas mudanças pelo que tivemos acesso, não vamos aceitar esse ataque a Democracia participativa e aos avanços na educação municipal.

Não têm arrego!!! Estaremos presente na terça no ato de entrega do documento repudiando o PME governista.

Convocamos todos professores e professoras da rede estadual, alunos, filiados da Apeoesp nesse ato!!! Essa luta é de todos nós...

Fábio Sardinha
Diretor Estadual Apeoesp

NÃO AO PME GOVERNISTA!
SIM AO PME DA SOCIEDADE!

Local: Câmara Municipal de Ribeirão Preto
Dia: 05 de abril (terça-feira)
Horário: 18 horas.

https://www.facebook.com/events/464726263717000/

sábado, 2 de abril de 2016

Debate para onde vai a esquerda Brasileira

Hoje tive o prazer de participar como convidado da atividade convocada pelo coletivo Juntos - PSOL sobre os caminhos da esquerda, a ideia na minha opinião não é fechar consenso, mas com toda certeza o caminho passa pelas ruas, Democracia, avanços sociais e uma frente ampla dos setores progressistas do nosso País, esse é nosso principal desafio.